3 Passos para Você Manter a Saúde e Segurança no Escritório

Um dos maiores desafios das empresas é manter a saúde e segurança no escritório em níveis satisfatórios. Neste artigo falaremos sobre isso e daremos algumas dicas para você atingir esse ponto!

3 Passos para Você Manter a Saúde e Segurança no Escritório

Duas das principais preocupações que devem existir no planejamento de qualquer segmento corporativo são a saúde e a segurança no escritório. Muitos pontos importantes relacionados a estes quesitos, na maioria das vezes, não recebem a devida atenção, o que pode ser muito prejudicial para os colaboradores.

Com a mudança de alguns detalhes na rotina do escritório, você pode fazer a diferença e contribuir para um local de trabalho seguro e saudável. Confira as dicas deste artigo.

1. Ergonomia

A ergonomia tem como definição a otimização das condições de trabalho por meio de tecnologias e desenhos industriais direcionados ao bem-estar do trabalhador. Suas diretrizes no ambiente corporativo são estabelecidas pela NR-17 (Norma Regulamentadora do Guia Trabalhista), cujo artigo 17.3 fala a respeito de mobiliário em postos de trabalho e aponta especificações sobre:

  • postura na mesa de trabalho — caso o trabalho seja feito sentado, o posto de ocupação deverá ser projetado para tal;
  • assentos — deverão ter altura ajustável, compatível com a altura média do trabalhador e também com a natureza da função realizada. O encosto deverá ser minimamente adaptado ao formato do corpo e a base não poderá apresentar deformações.

Na prática, a posição de trabalho (quando sentado) deve permitir:

  • costas eretas em ângulo de 90º;
  • ombros relaxados;
  • pés apoiados no chão (se necessário com suporte);
  • antebraços apoiados nos braços da cadeira ou na mesa (de modo que os punhos estejam retos durante a digitação;
  • pausas regulares para alongamento do corpo.

O mobiliário que atende a tais requisitos entra na categoria de equipamentos ergonômicos e pode ser adotado tanto para o escritório, quanto para a sua casa. Além de cadeiras e mesas adequadas, produtos como apoio de pulso ajustável, mouse pad, apoio de monitor e almofada para as costas ajudam a atender às exigências trabalhistas.

2. Prevenção

A segurança no escritório ganha muito com ações de prevenção, principalmente aquelas relacionadas à saúde física do colaborador, como sessões de ginástica laboral mensais. Além disso, uma ótima iniciativa é a utilização dos canais internos de comunicação da empresa para divulgar dicas sobre prevenção de doenças ocupacionais.

Algumas das patologias mais comuns são as chamadas DORT (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho), na qual se insere a conhecida LER (Lesão por Esforço Repetitivo).

3. Dicas para garantir a segurança no escritório

Os equipamentos certos ajudam muito o trabalhador, porém, é importante também saber utilizá-los na prática e até mesmo entender o que pode faltar em sua mesa de trabalho. Veja abaixo algumas dicas:

Altura do monitor

O pescoço é uma área muito delicada do corpo, pois toda sua movimentação influencia na coluna. Sendo assim, o melhor é que você não o force excessivamente. Utilizar a tela na altura dos olhos é o ideal. Para isso, uma boa ideia é apostar em um apoio de monitor, que possa elevar a altura da tela, evitando o esforço de “olhar para baixo” constantemente.

Distância do colaborador para a mesa

É importante que o trabalhador não fique colado à mesa, pois isso impediria um movimento correto dos braços e, inclusive, faria com que o monitor ficasse muito próximo aos olhos, o que pode prejudicar o campo de visão.

Também é equivocado o ato de ficar distante demais da mesa, pois os braços podem não seguir as posições corretas e o corpo pode curvar-se de maneira errada, gerando lesões por esforço repetitivo no futuro.

Conheça mais equipamentos em nossa seção de ergonomia e, para mais artigos como este, acompanhe o blog da Tilibra Express.

Deixe uma resposta