Como Saber se Seu Filho Tem Alergia a Gatos ou Outros Pets?

Ter um animal em casa traz muitos benefícios para saúde. Entretanto, algumas crianças podem apresentar alergia a gatos e outros pets. Descubra se seu filho sofre com esse problema e como amenizá-lo!

Como Saber se Seu Filho Tem Alergia a Gatos ou Outros Pets?

Descubra qual é a melhor maneira para evitar ou amenizar o problema

Ter um animal de estimação em casa traz inúmeros benefícios para a saúde, principalmente a das crianças. É comprovado cientificamente que gatos, cachorros e outros bichinhos domésticos ajudam a reduzir o estresse e depressão. Apesar dos fatores positivos, nem sempre esse relacionamento é tão saudável, principalmente para quem possui alergia.

É importante buscar um diagnóstico médico se, ao ter contato com o pet, a criança apresentar reações como coceira na pele ou nos olhos, tosse, espirros, coriza, entupimento nasal e outros sintomas repentinos. Assim, será possível identificar as causas e iniciar o tratamento adequado para o controle ou prevenção do problema.

Segundo o Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia (ACAAI), estima-se que 10% da população tem alergia a gatos ou outros animais domésticos. Em casos simples, o organismo apresenta pequenos incômodos, como os citados acima, mas, em pessoas com mais sensibilidade, podem ocorrer complicações mais sérias, levando ao chamado edema de glote, que é uma obstrução da laringe provocada por inchaço.

Por isso, é importante a realização de um exame médico para identificação dos riscos. O alergologista é o profissional mais indicado para tirar essas dúvidas.

Causas da alergia a gatos e outros pets

Muita gente acredita que a reação alérgica é causada pelo excesso de pelos dos animais. Mas na verdade, os sintomas de alergia a gatos, cachorros e outros animais domésticos são desencadeados a partir do contato com proteínas presentes na saliva, urina e descamação da pele. Em algumas situações, a alergia também é relacionada à quantidade de ácaros acumulados nos pelos e penas.

Atitudes antialérgicas

  • Se você mora em apartamento ou não quer deixar o pet longe do convívio da família, o ideal é tentar educá-lo para não subir em camas e sofás.
  • Se o seu filho tem alergia a gatos ou outros animais, evite brincadeiras com os pets no quarto e em contato com cobertores, almofadas e mantas.
  • A limpeza frequente de carpetes e cortinas é indicada para eliminar o acúmulo de pó, pelos e pele que podem causar reações alérgicas.
  • Lavar bem as mãos depois de brincar ou fazer carinho no bichinho também diminui os riscos dessas substâncias se espalhem pela casa.
  • Manter a área onde o animal dorme e faz as necessidades fisiológicas sempre higienizada é uma regra de ouro para bloquear bactérias, odores e os espirros do seu filho.
  • Dê banhos periódicos e leve o animal para fazer exercícios e tomar um pouco de sol.
  • Peça ajuda ao veterinário sobre tipos de dietas que podem diminuir a queda de pelos e o ressecamento da pele do pet.

Qualidade do ar

Invista em um purificador para diminuir a quantidade de alérgenos no ambiente e melhorar a qualidade do ar da sua casa. O aparelho é uma ótima opção para pessoas que sofrem com alergias, rinites e doenças respiratórias.

Os purificadores de ar da marca TruSens, desenvolvidos com a mais alta tecnologia de purificação, capturam partículas de pelos de animais e proteínas do tamanho de 0,3 mícron. Os aparelhos possuem sistema para remover fragmentos inaláveis, auxiliando no combate a vírus, fungos, bactérias, odores e outros tipos de micropartículas indesejáveis.

Os equipamentos têm motores poderosos e silenciosos, sensor remoto e filtragem excepcional, garantindo a melhor performance do mercado em entrega de ar limpo. Quer mais informações sobre os purificadores de ar Trusens? Acesse o site da Tilibra!

Deixe uma resposta