Existe Diferença entre Fragmentadora e Picotadora de Papel?

Você conhece a picotadora de papel e a fragmentadora? Sabe o que os equipamentos fazem? Neste artigo você entenderá as maiores diferenças entre eles!

Existe Diferença entre Fragmentadora e Picotadora de Papel?

A maioria das pessoas já ouviu falar em picotadora de papel, inclusive é comum encontrar o equipamento com este nome à venda. No entanto, também existe a fragmentadora de papel, e então surge a dúvida: picotadora e fragmentadora de papel tratam-se do mesmo produto?

Se você não tem certeza de qual é a melhor opção para sua empresa e quer entender mais sobre o assunto, confira este artigo que preparamos para orientá-lo e saiba qual é opção ideal para a sua necessidade!

Afinal, há alguma diferença entre a picotadora de papel e a fragmentadora?

Substancialmente, não. Porém, a nomenclatura correta para o produto é fragmentadora de papel.

O equívoco pode acontecer, pois é comum encontrarmos fragmentadoras que, de fato, não destroem completamente os papéis, mas os cortam apenas em tiras. Entretanto, existem níveis de destruição do papel e estes devem ser levados em conta.

Qual a distinção entre picotar e fragmentar?

Neste ponto reside a principal questão acerca dos erros na nomenclatura dos produtos. É necessário entender cada tipo de ação para que seja clara a diferença na eficiência de cada um.

Picotar é o termo popular para “cortar em pedacinhos” e normalmente envolve uma atividade manual ou, se feita em uma máquina, algo que retorne ao usuário pedaços irregulares de papel.

Fragmentar, por sua vez, envolve algo muito mais seguro para os documentos que serão destruídos. Isso porque impossibilita qualquer tentativa de leitura dos dados ali impressos. O corte é feito em retângulos finos, que não apresentam toda a extensão vertical da folha, pois são novamente cortados em partes menores.

Ou seja: fragmentar não é picotar, mas sim destruir totalmente qualquer vestígio impresso na folha, o que garante total segurança para os dados que poderiam estar ali contidos.

Picotar o papel não oferece 100% de segurança de que as informações ficarão ilegíveis. Portanto, se o intuito de utilizar uma ferramenta para destruir papéis é garantir o sucesso na ocultação de dados que não serão mais utilizados, o melhor é apostar naquelas que realmente fragmentam as folhas, ou seja, nas fragmentadoras!

Agora que você sabe a diferença entre picotadora de papel e fragmentadoras, que tal saber como estas máquinas podem ajudá-lo em seu dia a dia corporativo? Confira dicas no blog da Tilibra Express!

Deixe uma resposta